Você Sabia?

De acordo com a legislação brasileira, somente filhos reconhecidos juridicamente participam da sucessão como descendentes. Assim, a mera guarda de alguém, conhecida como filhos de criação, não gera direitos sucessórios exigidos no inventário.
No entanto, o direito pode ser exigido judicialmente, após comprovação de convívio entre pais e filhos, não bastando a guarda para que seja configurada a filiação.

Fonte: Tabelionato Gaúcho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *